Bom Jesus da Serra: Praça da Ildefonso ganha decoração natalina

Foto: Bom Jesus Destak

As luzes de Natal embelezam a Praça Ildefonso Sebastião Correia, em Bom Jesus da Serra, com a decoração dedicada ao período natalino. A iluminação instalada pela Prefeitura foi acessa na noite desta quinta-feira e deu cara nova a área central da cidade, que atraem visitantes, ao cair do por do sol, quando as luzes anunciam a chegada da época natalina.

Poções: Barragem de Morrinhos atinge 100% de sua capacidade com 3 milhões de metros cúbicos de água

Foto: Portal Poções

A Barragem de Morrinhos, que abastece Poções e Bom Jesus da Serra, ganhou grande volume com as chuvas que estão caindo sobre o município de Poções nos últimos dias. A cheia tem deixado muita gente animada, tendo em vista que esse é o principal reservatório de água da região. O volume das últimas chuvas aumentou rapidamente o volume da barragem.  A lâmina d’água do reservatório subiu significativamente . A reportagem do Portal Poções esteve na barragem e registrou o grande volume de água, com 3 milhões de metros cúbicos de água. Alegres com o feito, vários moradores agradeceram a Deus e enviaram vídeos para o quadro “Você Repórter” do Portal Poções. A nossa redação separou um dos vídeos qual segue abaixo. Informação Portal Poções.

Mundo: Cientistas desenvolvem exame capaz de detectar câncer em 10 minutos

Foto: Reprodução

Em todas as células humanas maduras, o DNA sofre modificações em um processo chamado metilação, que está programado geneticamente, de modo que a informação genômica nas células cancerosas é significativamente diferente das células sadias. A equipe liderada pelo cientista Matt Trau concluiu que a diferença no processo de metilação das células cancerosas influi nas propriedades físicas e químicas do DNA. Os cientistas utilizaram esse comportamento distinto para desenvolver um exame que permite detectar o câncer a partir da análise de uma pequena quantidade de DNA do paciente e cujo resultado sai em 10 minutos. O teste foi aplicado em 103 amostras humanas de DNA, das quais 72 pertenciam a pessoas com câncer e 31 eram de indivíduos sadios. Os pesquisadores destacaram que, por enquanto, nesta etapa de desenvolvimento, só é possível detectar a presença de células cancerosas, não seu tipo ou o estágio da doença e que seria necessário analisar mais mostras para poder conseguir uma análise mais detalhada.